Os desafios da região e a expectativa para o Nordeste Export

Mayhara Chaves, Diretora-Presidente da Companhia Docas do Ceará, integra o Conselho do Fórum Regional Nordeste Export.  Segundo ela, o olhar do Governo Federal para a região, por meio de um planejamento que envolve o setor portuário, já está sendo colocado em prática pelo Ministério da Infraestrutura e aponta para um Nordeste promissor, mais competitivo e com gestão técnica. “As concessões já realizadas e outras adiadas devido à pandemia da Covid-19, a exemplo do Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Fortaleza, possibilitam um investimento por parte da iniciativa privada neste novo contexto em que o governo se volta para outras prioridades”, ela diz.

Mayhara comenta que esse aporte de recursos é necessário e urgente para tornar a nossa logística moderna e mais eficiente: “Consequentemente haverá melhora nos serviços portuários, impulsionando a economia por meio do modal marítimo, que mesmo nesta crise sanitária cumpriu muito bem o seu papel e reforçou a sua importância na cadeia logística. A união de todos os portos da região e até mesmo dentro do próprio estado, será um passo importante para que possamos aumentar a nossa participação na distribuição geográfica da movimentação de cargas no território nacional’.

Sobre o Nordeste Export, está entusiasmada: “Sem dúvida, uma boa oportunidade para mapear os gargalos do setor e buscar juntos as melhores soluções acontecerá durante a edição regional em Recife, no próximo mês de agosto. O novo formato do Brasil Export, que possui cinco etapas regionais, será encerrado em Brasília – de forma presencial – no mês de novembro, será muito enriquecedor para todos os gestores portuários”.

Sobre Mayhara

Há 10 anos atuando no setor portuário, a engenheira Mayhara Chaves, 35 anos, vem imprimindo uma gestão técnica com resultados satisfatórios por onde passa. Desde junho de 2019, está na Companhia Docas do Ceará como Diretora-Presidente, e em maio último assumiu o cargo (voluntário) de presidente da Associação Brasileira das Empresas Portuárias e Hidroviárias (ABEPH). Mayhara Chaves se destaca como a única mulher à frente de uma Companhia Docas ligada ao Governo Federal e como primeira presidente da associação em 62 anos de fundação.

Formada em Engenharia de Produção, pós-graduada em Engenharia Empresarial e com MBA em Gerenciamento de Projeto, Mayhara Chaves se especializou em Gestão Portuária pelo Porto de Rotterdam e em Logística Portuária pela Antwerp/Flanders Port Training Center, na Bélgica. Na sua carreira profissional consta experiência na Secretaria de Portos da Presidência da República, como parte da equipe que elaborou o primeiro Plano Nacional de Logística Portuária ; no Governo do Estado do Espírito Santo atuou como Subsecretária de Estado de Comércio Exterior e Relações Internacionais; na Companhia Docas do Espírito Santo foi Diretora de Planejamento e Desenvolvimento; e na Federação das Indústrias do Espírito Santo trabalhou como assessora da Presidência.