Cooperar mais do que competir, diz presidente de Suape no lançamento do Nordeste Export

O Centro Administrativo do Complexo Industrial Portuário de Suape, em Pernambuco, sediou nesta terça-feira, dia 3 de março, o lançamento do Fórum Regional Nordeste Export, iniciativa da Una Marketing de Eventos e que fazer parte do Brasil Export, o principal evento de debates sobre o universo logístico-portuário do Brasil. Anfitrião do encontro, o presidente de Suape, Leonardo Cerquinho, alegou que os portos da região Nordeste necessitam mais cooperar do que competir, formando uma unidade com o objetivo de colaborar para o desenvolvimento nacional. “A melhor forma de evitar guerra é promovendo o comércio”, observou.

O Fórum Regional Nordeste Export será realizado nos dias 15 e 16 de junho, em Recife, e as inscrições gratuitas já podem ser feitas pelo site www.forumbrasilexport.com.br. A programação está sendo definida pelo Comitê Técnico Orientador, que reúne as principais lideranças e especialistas do setor de logística e de infraestrutura portuária dos estados do Nordeste. Entusiasta da iniciativa, o diretor de Novos Negócios do Complexo de Suape, Luiz Barros, participou de todas as atividades organizadas pelo Fórum e lembrou que a conexão entre as equipes foi feita ainda em 2019, durante a realização do Brasil Export que contou com a presença do ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas. “O debate regionalizado sobre o setor, aliado a propostas e reivindicações que possam alavancar a movimentação portuária e o comércio exterior devem ser ações de nosso Comitê. Neste sentido, o Port Community System deve ser instrumento para construção de melhorias e soluções, ao gerar nivelamento de informações entre todos os atores da cadeia logística”.

No auditório do evento estiveram presentes operadores portuários, prestadores de serviço, agentes de carga, gestores públicos e outros profissionais da comunidade portuária do Nordeste. O coordenador do Comitê Regional, Aluísio Sobreira, disse frequentar o Porto de Suape desde a década de 1980 e garantiu que os trabalhos do Fórum terão como principal objetivo demonstrar as qualidades dos estados da região e buscar soluções para os principais entraves de infraestrutura, que há anos prejudicam os proprietários de carga. “Vamos identificar os problemas, abordá-los de forma abrangente e sugerir soluções. Nossa pauta será positiva”.

Antes do lançamento, o Complexo de Suape também sediou a primeira reunião do Comitê Organizador do Nordeste Export. Ao agradecer a presença de membros de vários estados da região, o diretor-presidente da Una, Fabrício Julião, explicou que o fórum será permanente e as atividades planejadas têm como intuito debater de forma clara e honesta as necessidades e particularidades dos embarcadores e dos profissionais dos portos do Nordeste.