Porto de Sines «pode ser oportunidade para as exportações brasileiras»

Na passada Sexta-feira (dia 24 de Abril), realizou-se a vídeo-conferência ‘Os Portos de Portugal em tempos de Covid-19’, programada pelo Fórum Nacional Brasil Export/Nordeste Export. José Luís Cacho, Presidente do Conselho de Administração do Porto de Sines e do Algarve (APS) e Presidente da APP, foi um dos participantes do encontro, exclusivo para os patrocinadores do Brasil Export e integrantes dos Comités Orientadores.

Porto de Sines tem «bom movimento de cargas para o Brasil»

O líder da APS adiantou, na sua intervenção, que Portugal poderá reforçar os seus laços comerciais com o Brasil, podendo o Porto de Sines funcionar como uma autêntica porta de entrada para o continente europeu e ampliar ainda mais as oportunidades de negócios para as exportações brasileiras.

«Temos um bom movimento de cargas para o Brasil, com uma linha semanal de contentores e outros tipos de cargas, como granéis líquidos. Eu diria que, dado esse fluxo e as possibilidades que nosso porto tem, pode ser uma oportunidade para as exportações brasileiras», afirmou, na vídeo-conferência, José Luís Cacho.

«Temos terminais especializados para todos os tipos de cargas. Também no sector do agro-negócio, quer por carga de granel ou carga contentorizada, o Brasil, pode olhar para Sines como abertura para o desenvolvimento das exportações brasileiras», vincou José Luís Cacho. Segundo o presidente do Conselho de Administração da APS, o Porto de Sines possui actualmente uma estratégia extremamente focada no desenvolvimento de parcerias com o Brasil e a América do Sul, e, neste contexto, conta com o apoio do governo português.

Leia a matéria na íntegra: https://revistacargo.pt/porto-de-sines-pode-ser-oportunidade-para-as-exportacoes-brasileiras/