Hackathon do Porto de Santos promete integrar a comunidade portuária e conta com apoio institucional do Brasil Export

Nos próximos dois meses os temas “inovação tecnológica” e “conectividade exponencial” prometem esquentar o cenário portuário, a Baixada Santista e, com isso, o comércio exterior brasileiro. É que está dada a largada para a jornada conhecida como Porto Hack Santos, que deverá acontecer nos dias 30 e 31 de julho, no Terminal Marítimo de Passageiros de Santos (Concais). O evento conta com o apoio institucional do Fórum Brasil Export.

“Estamos falando de uma jornada que aproveita a experiência da comunidade de inovação em utilizar tecnologias de ponta para criar soluções aos desafios identificados pelo setor portuário nas atividades do porto”, explica Angelino Caputo, diretor-executivo da ABTRA (Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados), entidade realizadora do evento. “São soluções colaborativas, com grande chance de virar produtos de mercado e nas quais todos saem ganhando”.

> Clique aqui e veja o vídeo institucional do Porto Hack Santos

Serão 50 competidores selecionados e divididos em 10 equipes multidisciplinares, que vão encarar dois desafios. Um deles é tornar a comunidade portuária tecnologicamente conectada. O outro é criar a melhor jornada de sucesso do cliente ao Porto de Santos. E vale aqui um destaque: esse segundo desafio será enfrentado exclusivamente por times de mulheres.

A equipe campeã receberá o prêmio de R$ 25 mil e apoio técnico e comercial para inserir a solução vencedora da maratona no mercado.

Como aconteceu na primeira edição do evento, em 2019, o Porto Hack Santos 2022 também vai contar com a participação de autoridades do setor e de profissionais das áreas operacional, despacho aduaneiro, TI e Comunicação das associadas da ABTRA e de outras empresas interessadas na conectividade do porto, que atuarão como mentores técnicos das equipes competidoras ou deverão compor a comissão julgadora dos projetos apresentados.

Esta edição 2022 ganha ainda mais alcance do que a anterior, pois já conta, além do apoio institucional do Brasil Export, com a chancela da Santos Port Authority (SPA), da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura (SNPTA/MInfra) e da Antaq, como também da Associação Mulheres no Comex, do Terminal Concais e da DP World Santos.

Além disso, o executivo Marco Riveiros, CEO do Instituto Amigu, que está organizando a maratona, adianta que em paralelo haverá uma feira de exposições de tecnologias exponenciais, como por exemplo inteligência artificial, 5G, robótica avançada, internet das coisas e blockchain. “Toda essa programação, incluindo palestras e debates, será gratuita e aberta à comunidade de Santos e região”.

As inscrições para competir no Porto Hack Santos estão abertas e deverão ser feitas até 11 de julho em https://www.portohacksantos.com.br, que também traz o regulamento, o cronograma de atividades da maratona.

As informações são da Assessoria de Comunicação da ABTRA.