Santos Brasil vence leilões de 3 terminais em Itaqui e passa a operar graneis líquidos; Infra Week é encerrada com a concessão de 28 ativos

por Bruno Merlin

A Santos Brasil Participações venceu os leilões de três dos quatro terminais de granéis líquidos de combustíveis do Porto do Itaqui em certame realizado na tarde desta sexta-feira, 9 de abril, na B3, finalizando as ações da Infra Week, que concedeu com sucesso 28 ativos de infraestrutura à iniciativa privada nesta semana. À companhia caberá administrar os terminais denominados IQI03, IQI11 e IQI12. O Terminal Químico de Aratu (Tequimar), do grupo Ultracargo, venceu a concorrência pelo terminal IQI13 ao oferecer um valor de outorga de R$ 59 milhões, em disputa com a própria Santos Brasil. O total arrecadado em outorgas pelo Governo Federal nos quatro terminais foi de R$ 216,3 milhões, atrelados a aproximadamente R$ 600 milhões de investimentos a serem realizados nessas áreas.

Imagem aérea do IQI11, terminal arrendado do Porto de Itaqui

Com as aquisições, a Santos Brasil cumpre o objetivo de diversificar as cargas movimentadas em seus empreendimentos e passará a operar graneis líquidos. Até o momento, a empresa administra terminais de contêineres, veículos, de carga geral e centros logísticos nos estados de São Paulo, Santa Catarina e Pará. Daniel Pedreira Dorea, diretor econômico-financeiro e de Relações com Investidores da Santos Brasil, foi o responsável por bater o martelo na B3. Ele ressaltou o esforço da equipe da companhia e parabenizou o Governo Federal pela Infra Week, mesmo neste momento tão difícil de crise sanitária.

A idealização da Infra Week foi iniciada no final de 2020 após uma sequência de projetos de concessão de ativos aprovados pelo Tribunal de Contas da União (TCU), disse o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, em discurso realizado na B3 após a conclusão dos leilões.

“Estamos muito felizes. Contratamos R$ 10 bilhões em investimentos e, sobretudo, mostramos que o Brasil tem um encontro marcado com o futuro”. Os investimentos nos terminais em Itaqui, observou Tarcísio, irão aumentar a capacidade de tancagem do País, resultando em reflexos positivos para a distribuição dos combustíveis em território nacional.

O Brasil ainda é dependente da compra de combustíveis no mercado externo. Apesar da previsão de crescimento contínuo da produção na costa brasileira, existe ainda um déficit em relação à demanda. Como a importação de derivados de petróleo continuará sendo extremamente necessária em médio prazo, a melhoria na infraestrutura de tancagem e de distribuição é essencial para garantir o abastecimento do País. O Porto de Itaqui é um ativo de fundamental importância neste cenário, com localização privilegiada e infraestrutura adequada para receber os combustíveis importados e distribui-los pelo Brasil a partir das ferrovias que fazem conexão com o Porto.

O secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni, enfatizou que outros 12 terminais portuários serão licitados ainda em 2021, incluindo a primeira concessão de uma administração portuária no País, a da Companhia Docas do Espírito Santos (Codesa).

“E fora dos portos organizados estamos trabalhando firme na autorização de TUPs. Nos últimos dois anos e quatro meses mais de 70 contratos de adesão foram assinados”.

Mais do que os valores de outorga arrecadados, afirmou o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Eduardo Nery, a Infra Week contribui de forma incisiva pra o Brasil com a geração de empregos e renda. Ao fortalecer o setor portuário, ressaltou, estamos beneficiando a economia do País como um todo em um momento muito necessário.

A secretária especial da Secretaria do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seillier, disser ser fundamental que representantes de todos os modais de transporte conversem e planejem, de forma conjunta, a movimentação de cargas no País. Ela elogiou o Ministério da Infraestrutura, que congrega todos esses modais.

“O esforço do Ministério está traduzido no que aconteceu na Infra Week, com investimentos vultosos e concomitantes em todos os setores. O Brasil tem muitas oportunidades para oferecer, com impacto [positivo] na vida das pessoas, gerando emprego e renda”

O presidente da Ultracargo, Décio Amaral, agradeceu aos mais de 800 colaboradores da companhia pelo esforço em manter as operações competitivas mesmo no atual cenário de pandemia. A aquisição de um terminal no Porto do Itaqui, destacou, consolida o crescimento do grupo “em um porto super relevante para o fornecimento de combustíveis, dando apoio ao crescimento do agronegócio”.

Números

IQI03 – A área total do arrendamento possui 24.416,00 m². O prazo de arrendamento será de 20 (vinte) anos. Os investimentos mínimos previstos são de R$ 106 milhões.

Vencedor do leilão: Santos Brasil Participações, com o lance de R$ 61,3 milhões

IQI11 – A área total do arrendamento possui 33.217,00 m². O prazo de arrendamento será de 20 (vinte) anos. Os investimentos mínimos previstos são de R$ 133 milhões.

Vencedor do leilão: Santos Brasil Participações, com o lance de R$ 56 milhões

IQI12 – A área total do arrendamento possui 38.683,00 m². O prazo de arrendamento será de 20 (vinte) anos. Os investimentos mínimos previstos são de R$ 177 milhões.

Vencedor do leilão: Santos Brasil Participações, com o lance de R$ 40 milhões

IQI13 – A área total do arrendamento possui 36.578,00 m². O prazo de arrendamento será de 20 (vinte) anos. Os investimentos mínimos previstos são de R$ 178 milhões.

Vencedor do leilão: Tequimar, do grupo Ultracargo, com o lance de R$ 59 milhões