Palestra do Nordeste Export mostra como a inovação objetiva auxilia na competitividade na logística portuária

Jaime Alheiros é diretor de fomento e inovação da agência de desenvolvimento econômico de Pernambuco e estará no painel Nordeste Hack Export; inscrições estão abertas

por CLAYTON FREITAS

Muitos pensam em inovação apenas como um sinônimo de novos aplicativos, automação, inteligência artificial e produtos de eletrônica. Porém, existem várias ferramentas voltadas a processos produtivos, modelo de negócios, logística, em marketing e outras tantas. A chamada inovação objetiva pode ser entendida como uma vertente focada em resolver problemas e com resultados rápidos, conectados com as necessidades e desafios dos setores produtivos tradicionais.

Inovação objetiva para a melhoria da competitividade dos setores logístico e portuário” será o tema da palestra de Jaime Alheiros, diretor de fomento e inovação da AD Diper (Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco), dentro do painel Hack Export, previsto para as 9h30 da próxima segunda-feira, dia 26 de outubro, na abertura do Nordeste Export. O evento, que conta com apoio do Ministério da Infraestrutura, acontece no Porto de Suape. Para assistir esta atividade e os demais debates, basta acessar o endereço http://bit.ly/AssistaNordesteExport e fazer o seu cadastro gratuitamente.

Para entender um pouco mais como a inovação pode colaborar para impulsionar os negócios portuários, falamos brevemente com Alheiros. Confira.

1 – Como a inovação pode colaborar para impulsionar os negócios portuários?
Segundo um artigo publicado em 2019 no
jornal New York Times tratando da nova geração de unicórnios (empresas de tecnologia com faturamento de bilhões), foi identificado que boa parte dessas empresas serão de “startups sujas”, ou seja, ligadas a setores produtivos tradicionais como agricultura, logística, agropecuária e da indústria; que fornecem produtos e serviços essenciais para nossas vidas e precisarão se manter competitivas para sobreviver numa economia globalizada.


Inovação é um termo que cristaliza, de certa maneira, a transição da nossa sociedade para a era digital: simplicidade, conectividade, agilidade e inclusão. Por sua vez, o setor portuário brasileiro, que movimenta dezenas de bilhões de dólares em mercadorias ao ano, sofre com problemas relacionado
s à burocracia, baixa produtividade, tarifas, impostos; entre outros. Em teoria esse seria o cenário ideal para que empresas de tecnologia e startups buscarem oportunidades para resolver esses desafios.


Trazer soluções tecnológicas relevantes para o setor portuário e para toda a cadeia logística é a melhor forma de contornar velhos problemas estruturais, aumentando a competitividade do setor com ganhos de produtividade, maior segurança, confiabilidade nas operações, e ajudando a desatar o nó burocrático no qual nos encontramos enredados há décadas.

2 – Conte-nos um pouco sobre o que esperar da palestra
Nesse evento trataremos de “Inovação Objetiva”, aquela que resolve problemas reais, voltada para o setor logístico e de supply chain com a utilização de tecnologia. Serão apresentadas ferramentas e iniciativas em Open Innovation (inovação aberta) e soluções existentes que podem ajudar o setor logístico e portuário brasileiro a melhorar sua competitividade no cenário nacional e mundial.

Vencedor e selecionados

Os projetos selecionados para a etapa Nordeste do Brasil Hack Export, entre eles aquele que levará o prêmio de R$ 1.500, serão anunciados logo após a palestra de Alheiros. Os selecionados nessa etapa já garantem vaga para a grande final, em Brasília, no final de novembro.

O Brasil Hack Export inaugurou as suas atividades na última quinta-feira (22) quando foram dados detalhes sobre o cronograma da etapa. Neste ideathon, o desafio proposto pelas empresas Log-In Logística Intermodal S/A, Mercosul Line e Aliança Navegação e Logística, é o de popularizar a cabotagem como solução para movimentar cargas de pequenos e médios produtores.

Inscrições

Brasil Hack Export – Ainda é possível se inscrever para a próxima etapa regional do Brasil Hack Export, a Centro-Oeste, bem como a etapa Nacional. Para saber mais, acesse https://www.brasilhackexport.com.br/

Fórum Brasil Export – Os debates das etapas regionais do Fórum Brasil Export serão 100% online e gratuitos. Para participar, basta realizar a inscrição no link http://bit.ly/AssistaNordesteExport A transmissão será feita pelo aplicativo Zoom.