Brasil Export lança maratona de hackathons de desenvolvimento de soluções tecnológicas para o setor logístico

A primeira edição do Brasil Hack Export, maratona de desenvolvimento tecnológico voltada para o setor logístico, foi lançada hoje em videoconferência realizada pelo Brasil Export, Fórum responsável pela inédita iniciativa. A atividade contou com a participação do secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio. O tema do desafio virtual do hackathon nacional, previsto para o período de 10 a 19 de outubro, será “Virtualização das Cadeias Logísticas”. Antes disso, serão organizadas cinco seletivas regionais, uma para cada região do País, classificatórias para a edição nacional.

As três primeiras equipes de cada seletiva regional estarão automaticamente classificadas para o Brasil Hack Export. Outras quinze equipes serão selecionadas pelo staff da Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados (Abtra) em parceria técnica com a Zero Treze Innovation Space. A equipe vencedora de cada seletiva também receberá a premiação de R$ 1.500,00. O maior atrativo, entretanto, é o desenvolvimento de um produto que poderá gerar a oportunidade de criação de startups e de relacionamento com a comunidade empresarial logística, afirmou Angelino Caputo e Olivera, diretor-executivo da Abtra e conselheiro nacional do Brasil Export.

Sampaio reafirmou o seu compromisso, como secretário-executivo do Ministério de Infraestrutura, de realizar uma transformação digital nas atividades da pasta, acelerada pelos impactados causados pela disseminação de casos da Covid-19 no Brasil. “Queremos ousar e transformar, pensar rotinas diferentes. Mais arriscado do que fazer diferente é continuar fazendo a mesma coisa”. Ele elogiou a iniciativa do Brasil Hack Brasil e disse que a expectativa é de obter bons resultados a partir da seleção dos melhores projetos propostos por equipes jovens “que pensem fora da caixinha”. Um dos principais objetivos do Ministério com a transformação digital é desburocratizar as operações no segmento de transportes e deixar como legado um Brasil mais competitivo no cenário internacional.

O formato do hackathon foi, em parte, inspirado no PIER71, um ecossistema de inovação para o transporte marítimo criado em Singapura que desenvolve soluções para gargalos já existentes. O gerente de Desenvolvimento de Negócios da Enterprise Singapore, Joel Julius, também participou da videoconferência e disse estar trabalhando junto ao Brasil Export para levar equipes brasileiras para participar de eventos de tecnologia realizados no país asiático, o que poderia fazer do Brasil a primeira nação da América Latina a desenvolver tecnologias para as empresas locais.

Datas e desafios

Sul Export – Rodovias – 30 de julho a 03 de agosto

Sudeste Export – Portos – 13 a 17 de agosto

Nordeste Export – Ferrovias – 27 a 31 de agosto

Centro-Oeste Export – Escoamento de safra – 10 a 14 de setembro

Norte Export – Hidrovias – 24 a 28 de setembro

Brasil Export – Cadeia Logístico Portuária Integrada – 10 a 19 de outubro

Para obter mais informações e realizar inscrições basta acessar o site www.brasilhackexport.com.br.

(Texto: Bruno Merlin)